Planejamento Para A Construção Civil

Planejamento para a construção civil: como fazer e evitar problemas

Você compreende a extensão da importância do planejamento para construção civil?

O planejamento é essencial para qualquer projeto, seja ele pertencente a área que for. É através dele que as ideias saem do papel e ganham corpo.

Os benefícios de planejar corretamente uma obra são muitos. O resultado, inclusive, é visível!

Quantas obras acabam atrasadas por conta de imprevistos e outros problemas relacionados à falta de planejamento? Pois é; não é incomum encontrar construções paradas por razões similares.

Que tipos de problemas podem ocorrer em razão da falta de planejamento?

  • Atraso para a conclusão das etapas;
  • Irregularidades no canteiro de obras;
  • Desperdício de material;
  • Falta de material;
  • Atraso para a entrega da obra;
  • Problemas com a segurança do projeto;
  • Estouro no orçamento;
  • Desfalques na equipe;

Imprevistos são eventos que ocorrem por força maior; ou seja, não temos controle sobre sua ocorrência e, como o nome sugere, não podemos prevê-los. Mas será que não podemos desenvolver algum tipo de metodologia para contornar os desafios e aprimorar os resultados, mesmo quando problemas acontecerem?

A resposta é sim; é possível!

O planejamento para construção civil realmente eficaz engloba questões rotineiras do setor, incluindo problemas recorrentes, responsáveis por acarretar o atraso de obras e comprometer a integridade do projeto.

Vamos aprender a desenvolver um bom planejamento de construção civil?

  • Primeiro, é preciso compreender a região escolhida para a construção e a época do ano em que esta ocorrerá. Ao completar essa tarefa, é possível obter maior controle sobre a disponibilidade da sua equipe e evitar desfalques desnecessários, bem como o absenteísmo de funcionários.
  • A compreensão deve se estender à equipe responsável pela obra. Toda o time precisa estar alinhado e entender quais são as metas e objetivos a serem cumpridos, trabalhando juntos para alcançar os resultados pretendidos.
  • As metas devem ser seguidas e acompanhadas de forma detalhada. Somente desta forma será possível criar métricas que avaliam os resultados e podem oferecer maior base para a tomada de decisões, principalmente no que diz respeito a mudanças estratégicas para garantir os resultados.

O estudo de viabilização da obra precisa compreender todas as despesas relacionadas à execução da obra, bem como verificar se a mesma é viável e se a empresa responsável possui orçamento para cobrir todas as necessidades do projeto. Com o sinal verde, é hora de colocar as mãos na massa.

O estudo precisa ser realizado por um orçamentista perfeitamente capaz de atender as necessidades do seu projeto.

Precisam ser calculados:

  • Custos para preparar o terreno e executar a fundação
  • Os equipamentos e ferramentas que serão utilizados no projeto
  • Prazos para a conclusão de cada uma das etapas da obra
  • Regularização e licenciamento de obra
  • O que a construtora irá receber pelo projeto
  • Retorno de Investimento

E esses são só alguns dos itens que precisam entrar nos cálculos do planejamento de construção civil.

O PLANEJAMENTO EFICAZ

Existem alguns métodos de planejamento para construção civil utilizados para efetuar um controle de gestão mais eficiente. Um deles é o PDCA.

As siglas representam

  • P – Plan ou planejar
  • D – Do ou fazer/executar
  • C – Check ou checar/verificar
  • A – Action ou agir

Planejamento: durante a primeira fase, é essencial que a missão, visão e os valores da empresa sejam revisados e considerados para iniciar o planejamento do projeto. É preciso ter certeza de que a sua execução condiz com os princípios da empresa. É aqui que as metas serão estabelecidas, levando em consideração fatores como orçamento, local, recursos a serem utilizados e afins.

Execução: é a fase em que o planejamento começa a ser colocado em prática. É preciso muita cautela para que todos os processos sejam realizados de maneira correta e condizente com o que foi planejado anteriormente. Manter-se à risca daquilo que foi estipulado é uma forma de evitar retrabalhos e agilizar a terceira fase.

Verificação: é a oportunidade para os envolvidos checarem quaisquer falhas que possam existir no planejamento e problemas ocorridos nas fases anteriores. É preciso checar o andamento da fase da execução e realizar uma verificação final, a fim de ter certeza dos resultados obtidos e da eficácia do projeto.

Ação: a fase final é a hora de realizar quaisquer correções necessárias, baseadas nas fases anteriores e, ao fim, reiniciar o procedimento com novos parâmetros adquiridos após a resolução dos desafios encontrados. O ciclo deve se repetir até a conclusão do projeto.

Mantenha o canteiro de obras organizado, coloque os materiais em seus devidos lugares e proporcione rotas para os funcionários se deslocarem pelo ambiente sem obstruções. Um local de trabalho bem planejado colabora para o sucesso do planejamento para construção civil.

Confira algumas dicas para melhorar o canteiro de obras.

Agora você sabe como planejar melhor o trabalho de construção civil! Divida as informações obtidas com a sua equipe e alcancem resultados superiores!

Se você ainda tiver dúvidas, não deixe de entrar em contato conosco.

Até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *